O VALOR DA SENSIBILIDADE

by

   Estava eu fazendo em pleno domingo um almoço para minha mulher, porque sem ter como explicar ela tinha se machucado e estava impossibilitada de fazer algo.Perto das duas horas eu a chamo:

– O almoço já esta pronto.

– Estou indo

Logo chega minha mulher com cara brava.

– O que aconteceu?

– Não quero falar.

   Estávamos quase acabando o almoço e nada de conversa. Estava esperando ela dizer algo sobre meu almoço ou sobre outra coisa. Tentando puxar assunto eu pergunto:

– Como estava a comida? Você não quis repetir.

– Está péssima, você serve para outras coisa, mas para cozinhar não.

– Você não tem sensibilidade, não? Não consegue fazer nenhum elogio?

  Bravo, saio da sala de jantar e vou direto para a sala de televisão. Logo ela chega quieta, pois era muito estressada. Vou para o quarto e fico lá todo o dia. Amanhece,vou para o trabalho …Quando chego, encontro uma carta na minha mesa assinada com o nome de minha mulher.

Pedro,

   Estou muito triste pelo que aconteceu ontem. Acho que estou muito estressada e sem noção. Estou vendo o esforço que faz por mim. Peço desculpas.

   Cá entre nós, você é um péssimo cozinheiro, mas eu te amo muito.

P.S : Lucia, Eu te amo.

clip_image001

Felippe

Nikolas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: