O VALOR DA ÉTICA

by

   Meu nome é Manuella, tenho hoje 35 anos. Trabalho em um hospital no qual sou bem sucedida. Sou médica já faz 10 anos e aprendi muito ao longo desse tempo. Eu vou contar uma história que aconteceu comigo, em uma época que eu ainda estava no começo de minha profissão.

   Naquela época estava com 25 anos de idade, fazendo curso de enfermagem. Trabalhava como auxiliar de médicos cirurgiões também. Na maioria das vezes, acompanhava o mesmo médico nas cirurgias. O nome dele era Henrique. Era um excelente médico, que tinha muita responsabilidade e era certo no que fazia, afinal da contas, tinha a vida de pessoas em suas mãos. Dr. Henrique era muito invejado pelos médicos da região.

   Certa vez, tinha em suas mãos uma situação muito delicada. Havia um paciente que precisaria ser operado imediatamente, porém havia perdido muito sangue no trajeto vindo do hospital. O Dr. Henrique foi às pressas tentar salvar a vida desse pobre homem, fez o possível para que o pior não acontecesse.

   Horas depois, logo após a operação, teve de dar a pior das notícias, o homem acabara de morrer. Os parentes inconformados com o ocorrido começaram a fazer escândalos no hospital, queixando-se de que o Dr. Henrique não poderia tê-lo deixado morrer. E era o melhor médico da região. Foi esse o motivo para a família tê-lo levado para aquele hospital tão caro. Tinham muita esperança de que o Dr. Henrique poderia salvar mais uma vida.

   Henrique sempre paciente, pois estava acostumado com esse tipo de situação, só lamentou o acontecimento.

   Acompanhei o caso de perto e sabia que o médico havia dado o melhor de si.

   Um médico que era conhecido também, porém não tão quanto o Dr. Henrique, ficou sabendo desse escândalo dessa pobre família, que não tinha condições o suficiente para pagar e ofereceu ajuda, na intenção de ficar com a fama de um bom médico solidário. Esse médico invejoso era Dr. Ricardo e tinha o mesmo tempo de experiência que o Henrique, por isso tinha muita inveja dele.

   Depois disso, foi para o hospital em que Dr. Henrique trabalhava, falar com uma das pessoas que estavam na sala de operação para saber do ocorrido.

   Encontrou-se comigo, começamos a conversar. Defendi o tempo todo o Dr. Henrique, meu companheiro de trabalho. Dr. Ricardo sabendo que o Dr. Henrique não tinha errado, resolveu subornar-me a depor em um jornal conhecido contra o Dr. Henrique, dizendo que errou durante a cirurgia. Ofereceu 10.000,00 reais. Muito confusa, resolvi pensar e disse que responderia mais tarde e que iria procurá-lo quando tivesse decidido sobre o assunto. Pensei, pensei, e decidi que iria aceitar. Fui com a família do morto e o Dr. Ricardo ao jornal. Conseqüentemente, o Dr. Henrique havia sido prejudicado e nunca mais havia sequer tido uma palavra comigo.

   Depois disso me arrependi profundamente em ter feito esse estrago na vida de meu companheiro de trabalho e percebi que foi a pior coisa que havia feito. Não tive ética em ser verdadeira, não tive ética em aceitar o dinheiro. Hoje perdi a amizade de Henrique. Esse foi o preço pago pela minha falta de ética, mas aprendi a lição e hoje estou no auge de minha carreira.

Carolina Yukari

Guilherme Valério

Mike Sampaio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: